Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Buscar  
Política

Publicada em 10/10/17 as 19:37h - 6 visualizações
Delator da JBS acusa Manoel Junior de receber R$ 100 mil em propina; valor teria sido entregue em espécie

RCI FM 98


 (Foto: RCI FM 98)

Antes de ser preso, o ex-executivo da JBS, Ricardo Saud, entregou documentos à Procuradoria-Geral da República (PGR) com informações complementares sobre o esquema de compra de deputados para a eleição do deputado Eduardo Cunha para presidente da Câmara Federal. Nos documentos, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), é citado.

Segundo o documento, Ricardo Saud esteve com mais de 200 deputados de novembro de 2014 a janeiro de 2015. Suad disse que explicou a cada um dos deputados "que Eduardo Cunha era o melhor nome para fazer o contraponto à presidente Dilma".

Ainda segundo Saud, Eduardo Cunha destinou R$ 100 mil ao ex-deputado paraibano Manoel Junior, em espécie, que teria sido entregue pelo próprio executivo na sede na J&F.

Em um anexo complementar sobre a compra de apoio, Saud inseriu um áudio de uma reunião em que trata de propina com deputados, segundo publicou O Antagonista.

Veja documentos:




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Player Pop Up
RCI FM 98 Peça Sua Música



Promoçoes 98,5
(83) 9.8793-3341

Hora Certa
No Ar
Pro. Evangèlicos com Prog. Evangélicos
Enquete
QUE TIME PERNAMBUCANO VOCÊ ACREDITA QUE VAI SER REBAIXADO?

 NAÚTICO
 SANTA-CRUZ
 NENHUM

Publicidade Lateral
Clima Tempo
Estatísticas
Visitas: 70728 Usuários Online: 42


Parceiros





RCI FM 98,5
Copyright (c) 2017 - RCI FM 98 - Todos os direitos reservados