Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

Buscar  
POLÊMICA

Publicada em 30/07/18 às 20:22h - 26 visualizações
Cantor que disse ‘Jesus é bicha’ não estava em festival de apoio a Lula

veja


 (Foto: veja)

Circula no Facebook desde o último sábado, 28, um boato propagado por uma postagem segundo a qual um cantor declarou, de cima do palco do Festival Lula Livre, que “Jesus é travesti, sim; Jesus é transexual, sim; Jesus é bicha, sim”. O festival, que aconteceu no sábado no Rio de Janeiro, foi organizado para protestar contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e reuniu, segundo os organizadores, 5.000 pessoas, com shows de nomes como Chico Buarque e Gilberto Gil.

A legenda do post diz: “O nível do festival Lula Livre – nas palavras do esquerdista: Jesus é travesti sim; Jesus é transexual sim; Jesus é bicha sim – Essa é pra você que é cristão e pensa em votar no pessoal da esquerda!!!” (veja abaixo).

Feita por um eleitor carioca do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL-RJ), a publicação é acompanhada de um vídeo, assistido cerca de 21.000 vezes até agora só nesta postagem.


No vídeo, o homem sobre o palco diz ao microfone, de fato, que “Jesus é travesti, Jesus é transexual sim, Jesus é bicha sim”. Ele, no entanto, não estava participando do Festival Lula Livre.

A legenda que reclama da manifestação e inventa que ela aconteceu no ato em apoio a Lula foi, na verdade, retirada de outra postagem no Facebook e adaptada.

A publicação original, também acompanhada do vídeo, foi feita na página SomostodosBolsonaro, que diz que as declarações sobre Jesus Cristo foram feitas no “festival garanhuns” (veja abaixo). O internauta simplesmente substituiu essa informação por “festival Lula livre”.

A informação sobre o “festival garanhuns” procede. Com o indício fornecido pela página de apoio a Jair Bolsonaro, é possível descobrir, por meio de pesquisas elementares na internet e no próprio Facebook, que o palco em questão é o do Festival de Inverno de Garanhuns, cidade onde o ex-presidente nasceu, em Pernambuco, e não o do Festival Lula Livre, no centro do Rio de Janeiro.

O vídeo mostra o cantor recifense Johnny Hooker protestando em defesa da peça teatral O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu, que retrata Jesus como transexual e havia sido censurada pelo governo de Pernambuco no festival. Uma decisão da Justiça estadual acabou determinando, no último dia 24, a reinserção da peça no evento.

Como se vê a seguir, na página oficial do Festival de Inverno de Garanhuns no Facebook, Johnny se apresentou no sábado 28, mesmo dia em que as imagens com suas declarações passaram a circular nas redes sociais – e, como visto, gerar boatos.

Outro elemento a indicar que o protesto do cantor não foi feito no festival em apoio a Lula, no Rio, mas na cidade do Agreste pernambucano, é percebido no canto direito inferior do vídeo. Ali se vê a logomarca da TV Pernambuco, canal estatal que transmitiu as apresentações do Festival de Inverno de Garanhuns.

É absolutamente falsa, portanto, a versão de que o cantor deu as declarações durante o Festival Lula Livre.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Player Pop Up



(83) 9.8793-3341

Hora Certa
No Ar
Antologia Poética com ANTONIO NESTOR
Promoçoes 98,5
Enquete
COMO VOCÊ CLASSIFICARIA NOSSO SITE?

 ÓTIMO
 BOM
 RUIM

Publicidade Lateral
Clima Tempo
Estatísticas
Visitas: 256887 Usuários Online: 12


Publicidade
Parceiros



RCI FM 98,5
Copyright (c) 2018 - RCI FM 98 - Todos os direitos reservados